BÊBADO AMOR

Brindei sem você

e me apossei
num gole lírico
do seu genero
do seu número
e do seu grau etílico
que não lhe permite
embaraçar-me
entre suas pernas.

Esther Alcântara

Um comentário:

vamatti disse...

Este outro poema certamente eu iria usar para ensinar análise de texto poético para meus alunos. bj Vera