ENCRUZILHADA

Íris toda lume

enredo em meu ensejo,
pressinto teu beijo.

Fagulha na geada
agulha em meu costume,
penso-te encruzilhada.

...............
Esther Alcântara
18/10/2008

4 comentários:

Nina Jessica disse...

Comento todos os textos interessantes...muito legal seu blog...as palvras são um pouco da expressão da alma, como a dança, a música e o desenho...tudo é arte!

abraços!

Sonia Regly disse...

Esther,
Lindo esse texto.Parabéns!!! Um Feliz e Abençoado 2009!!!!Cheinho de coisas boas, pois vc bem merece.Beijão.

Sonia Regly disse...

Estherrrrrrrrrrrrrrrrrr!!
Adoro suas lindas visitinhas.Me sinto muito honrada,volte sempre,ok??Beijão

nina jessica disse...

Obrigada por tua visita no meu blog, fico honrada!
bjos