MAIS UM DEZEMBRO

Dezembro,

cheguei aqui de repente
sem ver o curso do tempo
tanta a neblina na mente.

Dezembro,
lembro de ter feito planos
elaborado mapas, meios
algo fora do prumo.

Dezembro,
sem ter nas mãos o leme
vale-me algum gingado
e o vento me leva, leve.


Foto e poema: Esther Alcântara

2 comentários:

Marcelo Plácido disse...

Mais um Dezembro...

Vc deixou o seu comentário no meu blog, deixo o meu aqui também,
Gostei muito dos seus poemas, exige reflexão, tem ritmo, muito bom mesmo.

Feliz 2009
Bjos
Marcelo Plácido

Daniduk disse...

Olá Esther.
Vim diretamente da comunidade Jazz+Bossa e fiquei encantada com as músicas! É você cantando? Céus, que voz maravilhosa! É exatamente a voz que procuro para um blues que fiz alguns dias atrás, se você estiver interessada, por favor, contacte-me.

Eu fiquei maravilhada com a música Mais um Dezembro, liiiiinda! Amei tudo na música e acho que está perfeita.
Meus parabéns.