Quando tudo vai
como se voltasse
a gente lembra
que esqueceu
de ir além.

Esther Alcântara
(foto e poema)

3 comentários:

Lili disse...

Esther,
Tua poesia é sempre bela e profunda.
Nunca deixe de escrever!! E abençoado seja este blog por estimular esse retorno.
Parabéns!
Beijos!

sonia disse...

beleza de poesia!!! Coloquei no meu blog com os devidos créditos.

Fernandade Paula disse...

Lindo, lindo...